Facada no FIQ-BH 2005 (4ª parte)

por André Rafaini Lopes

CONTATO

Autógrafos é outro assunto à parte, quando falamos em quadrinhos. Diferente dos outros meios, um autógrafo do quadrinhista tem sempre algo de especial. Enquanto um escritor pode deixar um breve recadinho e seu nome, o desenhista faz um pouquinho de sua arte para o fã. Voltei da FIQ com um exemplar de Meu coração não sei por que, de Moon e Ba, com dois personagens da obra a nanquim – sendo um o dragão míope com um sugestivo balãozinho: “no papel é mais legal”, feito pelo Gabriel Moon, com quem avancei um pouco mais o diálogo sobre as novas formas de quadrinhos no meio digital. Já Boilet traçou um belo perfil de Yukiko!

UAAARRGH!

Anúncios