Rio de Janeiro, século XIX

* Coleção Thereza Christina Maria

Igreja Matriz

Igreja Matriz do Rio de Janeiro, vista frontal

.

Cemiterio Novo
Cemitério Novo

.

Estacao Nova Friburgo
Estação de Nova Friburgo

.

Palacio Imperial
Palácio Imperial e adjacências

.

Passeio
Passeio da Praça da Confluência e residencia do Barão de Mauá

.

.

*A coleção Thereza Christina Maria é composta por 21.742 fotografias reunidas pelo Imperador Dom Pedro II (1825-91) ao longo de sua vida e por ele doadas  à Biblioteca Nacional do Brasil. A coleção abrange uma ampla variedade de assuntos. Documenta as conquistas do Brasil e dos brasileiros no século XIX e também inclui muitas fotografias da Europa, África e América do Norte. A Igreja da Matriz (Igreja Principal) de Petrópolis estava localizada naRua da Imperatriz, agora conhecida como Rua Sete de Setembro. A igreja foi demolida em 1924, mas um dos seus painéis interiores foi conservado no Museu Imperial. Esta é uma fotografia de uma série tirada no final da década de 1860 por Pedro Hees, considerado por muitos o pai da fotografia brasileira, mostrando os locais mais importantes de Petrópolis, um local popular de férias de verão dos brasileiros abastados, situada na serra fora da cidade do Rio de Janeiro.

Anúncios

Um comentário em “Rio de Janeiro, século XIX

  1. TÁ QUASE BOM SEU BLOG MAIS TEM QUE POR MAIS CONTEUDO SOBRE A CIDADE MESMO ASSIM OBRIGADO SOU DE TOCANTINS NO BICO DO PAPÁGAIO ME CHAMO TULYSMAR PEREIRA ALUNO NO ENSINO MEDIO

Os comentários estão encerrados.