Facada 75 – BENDITA CURA – RESENHA (HQ)

Ainda na sombra do Dia Internacional de Combate à LGBTQIA+fobia, o Facada traz uma resenha da contundente - e necessária - HQ de Mário César: Bendita Cura.

Mas ele diz que me ama – graphic novel de uma relação violenta

por Roberta AR Uma das coisas mais difíceis para quem está num relacionamento afetivo é admitir que vive uma relação abusiva. Para as mulheres isso é ainda mais complicado, pois somos educadas a encarar a brutalidade dos parceiros como um tipo de amor. Por esses dias, rodou nas redes sociais a foto de uma menina … Continue lendo Mas ele diz que me ama – graphic novel de uma relação violenta

Uma lista de quadrinistas mulheres no Drive

por Roberta AR Faz uns anos que tenho feito listas de mulheres quadrinistas e ilustradoras. Trabalho com quadrinhos e zines independentes faz mais de uma década, divulgando, produzindo, organizando evento e uma constante é ter poucas mulheres nas publicações e qualquer coisa relacionada ao tema, menos nos bastidores, onde sempre são muitas. E a justificativa … Continue lendo Uma lista de quadrinistas mulheres no Drive

Políticas: mulheres que fazem cartuns, charges e muito mais

por Roberta AR Algumas coisas são bem óbvias, mas mesmo assim precisam ser reforçadas, porque o senso comum determina o lugar das pessoas de um jeito bem tirano. “Azul para menino, rosa para menina”, a gente sabe que pode usar qualquer que não vai acontecer nada, talvez alguém encher o saco. “Não tem mulheres fazendo … Continue lendo Políticas: mulheres que fazem cartuns, charges e muito mais

A sociologia na Gotham City de Christopher Nolan

por Laluña Machado* Nos primórdios da minha pesquisa de TCC, momento em que eu realmente me aprofundei no universo do Homem Morcego, eu comecei a me questionar sobre certos aspectos da formação do Batman e de todo o contexto no qual Gotham se apresenta (sempre). Com leituras teóricas, observando melhor os quadrinhos, levando outros filtros … Continue lendo A sociologia na Gotham City de Christopher Nolan

Ser artista mulher é…

por Roberta AR Começa mais um ano, desta vez caminhamos para a terceira década do século XXI, mas algumas práticas antigas permanecem intactas. Explico. Fui olhar algumas listas de melhores quadrinistas do ano passado e “pasmem” (tô sendo irônica, hein), tinha lista de site alternativão com ZERO mulheres. De novo. Sempre. E isso se repete … Continue lendo Ser artista mulher é…

Friquinique: os anormais param para tomar um cafezinho

por Roberta AR Aberração é aquilo que não se encaixa, que dá medo, repulsa, nojo, ou apenas deixa desconfortável. Não somos educados a lidar com o que é diferente e ficamos apontando o dedo para tudo o que não é normal, de acordo com o que nos ensinaram. Daí, o que consideramos bizarro, e aqui … Continue lendo Friquinique: os anormais param para tomar um cafezinho

Cabeça dinossauro vol. 1

por Stêvz* Veja os bastidores do zine no Cumulus Absurdum (o blog do Stêvz). . * Stêvz é brasiliense, ilustrador e músico. De vez em quando ele escreve. Além de ser um dos homens Beleléu.

O crime do teishouku preto

Publicamos aqui um gostinho do que foi produzido pela Jam Session de Quadrinhos em Brasília, produzida pelo Facada e pela Kingdom Comics e idealizada pela HQMIX. PARA VER AS FOTOS, CLIQUE AQUI. Pocket show da Valdez (com um pequeno delay na publicação aqui) O pagamento de Biu, primeira execução pública Cover de Search and Destroy … Continue lendo O crime do teishouku preto

Interlúdio

por Biu e Stêvz* Mais uma página da novela gráfica Aparecida Blues, que está em produção. . *Biu é paraibano, farmacêutico e faz quadrinhos. * Stevz é brasiliense, ilustrador e músico. De vez em quando ele escreve.

Aparecida Blues

por Biu e Stêvz* Primeira página da novela gráfica Aparecida Blues, que está em produção. . *Biu é paraibano, farmacêutico e faz quadrinhos. * Stevz é brasiliense, ilustrador e músico. De vez em quando ele escreve.

Uno & Duo

por Evandro Esfolando* ... *Evandro Esfolando é cigano, demiurgo e mais um monte de coisas, é só checar aqui.

Sensações e fatos sobre Beleléu

por André Rafaini Lopes Escrever resenha não é fácil. A cada texto que faço, especialmente sobre os livros lançados pelos artistas que rondam o Facada, me sinto desafiado. O primeiro problema é fincar uma opinião absurdamente subjetiva. O segundo, e mais difícil, é encontrar os argumentos para racionalizar o que em princípio é uma sensação. … Continue lendo Sensações e fatos sobre Beleléu