Infância pasteurizada e homogeneizada também no audiovisual

por Roberta AR Por que não incluímos a infância imediatamente ao falar sobre grupos não-hegemônicos em nossas críticas a modelos coloniais culturais que perpassam toda a sociedade? As crianças são as primeiras vítimas em qualquer crise, são alvo de toda e qualquer política de controle social, com projetos de escolas militarizadas, de fim da educação … Continue lendo Infância pasteurizada e homogeneizada também no audiovisual

Fear of the Dark: Titãs e a filosofia do medo de Heidegger

por Laluña Machado I am a man who walks aloneAnd when I'm walking a dark roadAt night, or strolling through the parkWhen the light begins to changeI sometimes feel a little strangeA little anxious when it's dark1 [ESSE TEXTO CONTÉM SPOILER] Nesse último fim de semana, a plataforma de stream Netflix liberou a 3ª temporada … Continue lendo Fear of the Dark: Titãs e a filosofia do medo de Heidegger

Outubro (1927)

por Serguei Eisenstein e Grigori Aleksandrov* Pôster soviético do filme https://youtu.be/T6urHJ5BSv4 (legendas em inglês) . * Serguei Mikhailovitch Eisenstein (em russo: Сергей Михайлович Эйзенштейн, 1898 – 1948) foi um dos mais importantes cineastas soviéticos. Foi também um filmólogo. Relacionado ao movimento de arte de vanguarda russa, participou ativamente da Revolução de 1917 e da consolidação … Continue lendo Outubro (1927)

Oportunismo e a arte do possível

por Rosa Luxemburgo* Camarada Heine, como se sabe bem, escreveu um panfleto para a conferência do partido intitulado Votar ou Não Votar? Nele, sai a favor de nossa participação nas eleições do parlamento prussiano. Não é o assunto principal deste panfleto que nos leva a fazer alguns comentários, mas sim os dois termos os quais … Continue lendo Oportunismo e a arte do possível

Batman: personagem vs ideia

por Laluña Machado* Em maio de 2020, foi anunciado o novo Batman do cinema. Um dos personagens mais simbólicos da cultura pop, quem sabe o maior, será interpretado pelo ator Robert Pattinson numa trilogia que pretende resgatar o caráter detetivesco das primeiras histórias do Homem Morcego na Detective Comics. Porém, toda essa “nova” fase do … Continue lendo Batman: personagem vs ideia

Pinturas de Suzanne Valadon

por Suzanne Valadon* Veja post em Female Artists in History La Chambre Bleue (The Blue Room), 1923 Reclining Nude, 1928 Torse au Ruban Bleu, 1921 Catherine Nue Allongée sur ine Peau de Panthère, 1923 Le Canard (The Duck), 1930 Nu Assis au Bord d'un Lit, 1929 Nu, s.d. L'Aide Amicale aux Artistes, 1927 Mulâtresse Assise … Continue lendo Pinturas de Suzanne Valadon

Entre Robin e Foucault: manifestações de uma sexualidade

por Laluña Machado* Em abril de 1940, Robin, o Menino Prodígio, fazia sua estreia na Detective Comics #38. Com um apelo mais infantil para as histórias do Homem Morcego, Dick Grayson conseguiu dobrar as vendas das revistas após suas missões com o Cruzado Encapuzado, afinal, o modo como os roteiros eram narrados mudou com a … Continue lendo Entre Robin e Foucault: manifestações de uma sexualidade

“Mãezinha, vai furar o olho!”

por Roberta AR* Sim, este é mais um texto sobre como as mães são tratadas como incapazes e com condescendência Ontem, fui passear com meu filho pelas quadras perto de casa. Moro em Brasília, é tudo muito arborizado nos arredores e ele adora ficar mexendo em tudo o que vê, bichinhos no chão, flores, dentes … Continue lendo “Mãezinha, vai furar o olho!”

Titãs e o dilema deontologista entre Bruce Wayne e Dick Grayson

por Laluña Machado* O termo deontologia vem do grego no qual Deon significa “dever”, ou simplesmente ética de ação e regra. Tal conceito se aplica em relação a posicionamentos morais que devem se adequar de forma universal as características de uma sociedade. Immanuel Kant (1724 – 1804) aponta que tais predicações se ofertam na configuração … Continue lendo Titãs e o dilema deontologista entre Bruce Wayne e Dick Grayson

Competição e desenvolvimento cultural-social de crianças e adolescentes

por Juh Oliveira* As práticas esportivas com aspectos competitivos, se bem orientados, podem auxiliar na formação de comportamentos e valores importantes. Responsabilidade, amizade, comprometimento, cooperação, disciplina, companheirismo são alguns exemplos. Competir nos esportes é aprender sobre os desafios da vida. Com as experiências de vitória e derrota, persistência e dedicação disciplinadas, que também serão úteis … Continue lendo Competição e desenvolvimento cultural-social de crianças e adolescentes

Desconstruindo Una: a sociedade não ouve as mulheres

por Roberta AR Minha leitura de fim de ano foi Desconstruindo Una, uma novela gráfica densa sobre mulheres que sofrem violência e como sua voz ecoa no vazio. O fio condutor do livro são os crimes de um assassino em série que matava mulheres em West Yorkshire, Inglaterra, entre 1975 e 1981. Una narra os … Continue lendo Desconstruindo Una: a sociedade não ouve as mulheres

I’M A 4F: O Batman e a Segunda Guerra Mundial

por Laluña Machado* Os quadrinhos de super-heróis já tinham ganhando algum fôlego quando a Segunda Guerra Mundial teve seu início "oficial" em 1939, mesmo ano que o milionário (SÓ tinha milhões ainda) Bruce Wayne vestiu-se de morcego para combater o crime nas ruas de Nova York (isso mesmo, ainda não existia Gotham) na Dectetive Comics … Continue lendo I’M A 4F: O Batman e a Segunda Guerra Mundial

Consolo Supremo

por Auta de Souza* Os tristes dizem que a vidaÉ feita de dissaboresE a alma verga abatidaAo peso das grandes dores. Não acredito que sejaAssim como dizem, não…Ai daquele que desejaViver sem uma ilusão! Se há noites frias, escuras,Também há noites formosas;Há risos nas amarguras;Entre espinhos nascem rosas. E rosas também cobriramO lenho santo da … Continue lendo Consolo Supremo