Pinturas de Anna Althea Hills

por Anna Althea Hills*

15844724_1832372293714318_1166961567966947600_o
A California Landscape, s.d.

13582096_1746312002320348_7678709281863824518_o

13613330_1746311132320435_2602674524138850443_o
Autumn, Fallbrook, s.d.

12314734_1654171834867699_3728816258730998461_o

11884733_1626380007646882_7373033076303999430_o
December Morning in the Valley, near Redlands, s.d.
12188023_1646959592255590_7527481426667200633_o
A Winter Day near Riverside, s.d.
10603984_1697467813871434_7418180753461990731_o
Nier Palm Springs, 1925
13585233_1746311702320378_5396670639050869139_o
Desert Gold, Palm Springs, 1923
11952714_1627889617495921_5524240871215501824_o
When the Desert Blooms, 1922
13558933_1746312728986942_7579696558496147763_o
Wind Blown, Laguna Beach near Arch Beach, 1919
10612931_1627518627533020_3306038018537620902_n
The Lone Palm, 1918
11884571_1627888620829354_3656567076998798166_o
Fall, Orange County Park, 1916

11884974_1627517900866426_3146907272848055356_o

11885659_1627887600829456_8158960071194869855_o
Cows in a Pasture with Hills beyond, 1914

.

*Anna Althea Hills (1882 – 1930) foi uma pintora americana especializada em paisagens impressionistas da costa sul da Califórnia.

Canções de Chiquinha Gonzaga

por Chiquinha Gonzaga*

Ó abre alas
Que eu quero passar
Ó abre alas
Que eu quero passar
Eu sou da Lira
Não posso negar
Eu sou da Lira
Não posso negar
Ó abre alas
Que eu quero passar
Ó abre alas
Que eu quero passar
Rosa de Ouro
É que vai ganhar
Rosa de Ouro
É que vai ganhar
.
AtraenteRebola bola e atraente vai
Esmigalhando os corações com o pé
E no seu passo apressadinho, tão miúdo, atrevidinho
Vai sujando o meu caminho, desfolhando o mau me quer

Se bem que quer, seja se quer ou não
Bem reticente, ela só faz calar

Ela é tão falsa e renitente, que até,
Atrai só o seu pensarComo é danada
perigosa
vaidosa
desastrosa
escandalosa
rancorosa
e rancorosa
incestuosa
e tão nervosa
e bota tudo em polvorosa, quando chega belicosa
bota tudo pra perder

Amour, amour
Tu jure amour, trè bien
Mas joga fora esta conversa vã
Não vem jogar fa-flu no meu maracanã
não sou Juju balangandã

Meu coração, porém, diz que não vai
Suportar esta maldita, inenarrável solidão
Se assim for, ele vai se esbudegar
E te ver se despinguelar numa desilusão

.

* Francisca Edwiges Neves Gonzaga, mais conhecida como Chiquinha Gonzaga (1847 – 1935) foi uma compositora, pianista e maestrina brasileira. Foi a primeira chorona, primeira pianista de choro, autora da primeira marcha carnavalesca com letra (“Ó Abre Alas”, 1899) e também a primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil. No Passeio Público do Rio de Janeiro, há uma herma em sua homenagem, obra do escultor Honório Peçanha. Em maio de 2012 foi sancionada a Lei 12.624 que instituiu o Dia Nacional da Música Popular Brasileira, a ser comemorado no dia de seu aniversário.[1]

Fotografias de Julia Margaret Cameron

por Julia Margaret Cameron*

A_Study_MET_DP158039

-Kate_Keown-_MET_DP206678

-Mary_Ryan-_MET_DP295257

 

-Unidentified_Woman_in_Profile-_MET_DP295253

-Woman_in_Robes_Reading_a_Book-_MET_DP295254
Woman in Robes Reading a Book

A_Lovely_Sketch_MET_DP295248

-The_Lord_Bishop_of_Winchester,_Samuel_Wilberforce-_MET_DP295218

-James_Rogers-_MET_DP295225

01_English_Blossoms_(5332646216)

_So_now_I_think_my_time_is_near__(5332646710)
So now I think my time is near
_Gareth_and_Lynette__(5332646628)
Gareth and Lynette
_And_Enid_sang__(5332032645)
And Enid sang
_Elaine__the_Lily_maid_of_Astolat__(5332032703)
May Prinsep poserer som Elaine
_The_parting_of_Sir_Lancelot_and_Queen_Guinevere__(5332033009)
Sir Lancelot og Dronning Guinevere tar farvel
_The_passing_of_King_Arthur__(5332647294)
Mann i rustning fremstiller Kong Arthur
_The_little_Novice_with_the_Queen_Guinevere_in_the_Holy_Haouse_at_Almesbury__(5332032785)
The little Novice with the Queen Guinevere in the Holy Haouse at Almesbury

.

*Julia Margaret Cameron (1815 – 1879) foi uma fotógrafa britânica. Tornou-se conhecida por suas fotografias de celebridades da época, como atrizes. Sua carreira foi curta, durante cerca de 11 anos, entre 1864 e 1875. Começou a fotografar aos 48 anos, quando ganhou uma câmera fotográfica de presente.

Pinturas de animais de Henriëtte Ronner-Knip

por Henriëtte Ronner-Knip*

19055082_1912524429032437_6043909750062917430_o
A Curiosity for Music, s.d.
19095537_1912524195699127_1196813851651464290_o
Mother and Kittens Playing with a Hand Mirror, s.d.
14883702_1798104957141052_2029785161867435670_o
A Cairn Terrier and her Puppies in a Conservatory, s.d.
11412101_1601474420137441_6653180525057357187_o
Kittens at Play, s.d.
11119118_1574964432788440_6728929807039675576_n
Hello There, s.d.
17119_1568277093457174_1309921800199670003_n
The Little Rascals, s.d.

10604489_1664782153806667_8257512220407191777_o

10300303_1423030181315200_3010974255315125708_n
A Cat and her Kittens at Play, 1899

11802642_1615177822100434_6888123133920572758_o

10463739_1423029604648591_5598864996359168479_o
Give us Joy, 1895
14615815_1791723114445903_3052093495497535833_o
Three Kittens with a Casket amd Blue Ribbon, 1894
10911331_1528609327423951_4210240578477278060_o
Poes Spelend met een Pen en Inktpot, 1893
10733977_1498892673728950_6893151642993383059_o
The Piano Lesson, 1890-97
20023873_1931894603762086_7991370444652437465_o
The Artist’s Paint Box, ca. 1890
10835264_1574965186121698_4095858553712331687_o
Cat Family in the Studio, 1878
10914980_1524521317832752_1667649266326297705_o
In de Plantenkas, s.d.
11426751_1601369363481280_34593581229950709_o
A Terrier Playing with Kittens, s.d.
19055725_1912524562365757_2205784282386738749_o
A Donkey Packed with Goods and a Rooster, in a Stable, s.d.
1939403_1507899012828316_1846115533553587625_o
Waiting for a Meal, before 1866

12485966_1667902080161341_6525098965382444911_o

.

*Henriëtte Ronner-Knip (1821 – 1909) foi uma artista holandesa-belga no estilo romântico que é mais conhecida por suas pinturas de animais, especialmente gatos.

Pinturas de Anna Ancher

por Anna Ancher*

11203592_1582545138697036_405611866382685198_o
En Vaccination, 1899
10703874_1498629523755265_6828827096433357775_n
Per Bollerhus Walking with His Bundle of Sticks, 1878-79
10572017_1446243522327199_7811286960325336298_o
En Begravelse, 1891
1502693_1499018640383020_7363456495561209738_o
Solskin i den blå Stue, 1891
10704214_1499019733716244_5416440793589241820_o
Syende Fiskerpige, 1890
11224662_1615341775417372_3370551134362934992_o
Ved Frokosten, 1890s
10273400_1489549644663253_7902285607499350902_o
Hos Hårskæreren, 1886
10710221_1498627717088779_6176529733661793560_o
Fisherman Kræn Wollesen Mending the Net, 1886
10697368_1498630133755204_4362276616046149393_o
Portrait of Ane Hedvig Brøndum and Her Daughter Hulda, 1885-1900
12043167_1637532699864946_3920037284964989424_n
Lektien Gennemgåes, 1885
10258209_1499019007049650_7556934115824731621_o
Sunshine in the Blind Woman’s Room, 1885
1509049_1498629723755245_8842682188934967428_n
Pigen i køkkenet, 1883-86
10353432_1423494567935428_549021736216802935_o
A Blind Woman in Her Room, 1883
10688376_1499020167049534_4660323592399493101_o
Two Oldsters Plucking Gulls, ca. 1883

1398184_1499020220382862_7890055366824303990_o

.

*Anna Ancher (1859 – 1935) foi uma artista dinamarquesa associada à Skagen Painters, uma colônia de artistas no extremo norte da Jutlândia, na Dinamarca. Ela é considerada uma das maiores artistas visuais da Dinamarca.

Decapitada!

por Delminda Silveira*

— Era linda aquela borboleta azul com suas grandes asas cetinosas, iriadas como conchas de madrepérola!

A trombazinha graciosamente enroscada como um estame de flor, os olhos salientes, amarelos, diáfanos como contas de cristal raiado de ouro.

Pousada sobre o verde, levemente agitando as asas brilhantes, semelhava uma rara flor azul a desabrochar!

Oh! Quanto era linda aquela flor do espaço a repousar na terra!

Por uma tarde estiva, eu a vi a debater-se de encontro aos vidros da minha janela que dá para o jardim. Por cima, a trepadeira em flores estendida pelo telhado, debruçava-se em vergônteas floridas. Sem dúvida a borboleta viera ali atraída pelo aroma das flores. Tentei prendê-la para que não estragasse o maravilhoso tecido daquelas asas ideais, porém, tão desastradamente o fiz, que se desarmando a vidraça, quase decepou a graciosa cabecinha a falena gentil!

Ai! dor!… a pobrezinha caiu moribunda a meus pés!

Segurei-a… e senti ainda palpitantes aquelas brandas asas tão lindas, — multicores como as conchas de madrepérola; mas as cabecinhas aonde brilhavam os diáfanos olhos de cristal raiado de ouro, prendia, apenas presa por um delgado fio que a brisa para logo quebrou!

Desci ao jardim: ali, sob um arbusto coberto de flores, depositei, em um pequenino jazido, a desventurada borboleta azul, e no plácido recinto, desfolhei rosas e saudades, cercando-o de “boas noites”, expressivo emblema do meu pesaroso adeus.

O último raio do sol poente foi beijar o tumulozinho da pobre “decapitada”, e a brisa que dali vinha trazia-me, depois, como um farfalhar suave de finas asas que se debatessem…
Porém o meu coração doído suspirou: – nunca mais!

.

*Delminda Silveira de Sousa (1854 – 1932) foi uma professora e escritora brasileira. Foi membro da Academia Catarinense de Letras (ACL). Foi a primeira mulher da ACL, titular da cadeira 10, a qual assumiu com 77 anos de idade.

Fotos de Imogen Cunningham

por Imogen Cunningham*

Dream_Imogen_Cunningham_1910
Dream Imogen Cunningham 1910
Edward_Weston_and_Marguerite_Mather
“Edward Weston and Marguerite Mather,” photographic portrait
In_Moonlight,_1911
In Moonligh, 1911
My_Mother_Peeling_Apples
My mother Peeling Apples
Succulent_Imogen_Cunningham_1920
Succulent

.

*Imogen Cunningham (1883 – 1976) foi uma fotógrafa dos Estados Unidos da América, conhecida pelas suas fotografias de temas botânicos, de nus e de cenas urbanas e industriais.