Carta para a Esposa

por Carlos Lamarca* Minha querida esposa, O meu pensamento vive voltado para essa ilha, constantemente, mas o dia de hoje se reveste de especial atenção, de meditação, o pensamento que aflora é iniciar - cumpre iniciar a luta. Ainda não recebi notícias. A organização a que pertenço, a VANGUARDA ARMADA REVOLUCIONÁRIA - PALMARES (VAR-PALMARES), que … Continue lendo Carta para a Esposa

Cegueira bendita

por Florbela Espanca* Ando perdida nestes sonhos verdesDe ter nascido e não saber quem sou,Ando ceguinha a tatear paredesE nem ao menos sei quem me cegou!Não vejo nada, tudo é morto e vago…E a minha alma cega, ao abandonoFaz-me lembrar o nenúfar dum lago´Stendendo as asas brancas cor do sonho…Ter dentro d´alma na luz de … Continue lendo Cegueira bendita

Imperialismo

por Rosa Luxemburgo* Discurso proferido em Berlim e publicado no jornal Vorwärts (órgão central do SPD). Rosa critica o reformismo no SPD que, dois anos antes, defendia a Tríplice Aliança para garantir a paz. Alianças diplomáticas, numa época em que o imperialismo se tornou “a religião da sociedade burguesa”, são ilusórias defensoras da paz. Alocução … Continue lendo Imperialismo

Paisagens de Cai Han

por Cai Han* Veja post em Female Artists in History Cat watching Butterflies, with flowers and chickens, 1667-86 Old Pine Tree, s.d. Birds on Bough, s.d. Statue of Jin Yue, s.d. Bamboo and Butterfly, s.d. . *Cai Han (chinês: 蔡含; 1647–1686), foi uma pintora de paisagens chinêsa. Ela era a concubina do pintor Mao Xiang … Continue lendo Paisagens de Cai Han

Um que vendeu a sua alma

por Lima Barreto* A anedota que lhe vou contar, tem alguma cousa de fantástica e pareceria que, como homem de meu tempo, eu não devia dar-lhe crédito algum. Entra nela o Diabo e toda a gente de certo desenvolvimento mental está quase sempre disposta a acreditar em Deus, mas raramente no Diabo. Não sei se … Continue lendo Um que vendeu a sua alma

A criança que pensa em fadas

por Alberto Caeiro*A CRIANÇA que pensa em fadas e acredita nas fadasAge como um deus doente, mas como um deus.Porque embora afirme que existe o que não existeSabe como é que as cousas existem, que é existindo,Sabe que existir existe e não se explica,Sabe que não há razão nenhuma para nada existir,Sabe que ser é … Continue lendo A criança que pensa em fadas

For The Batman

por Laluña Machado* (ESSE TEXTO CONTÉM SPOILER SUAVE) Escrever sobre o Batman não é nenhuma novidade para mim, afinal são 10 anos de pesquisa acadêmica que envolvem o personagem e todo o seu universo ficcional. Porém, é quase que absoluto que nesse tempo eu tentei manter uma distância científica para produzir materiais que possam proporcionar uma … Continue lendo For The Batman

Fear of the Dark: Titãs e a filosofia do medo de Heidegger

por Laluña Machado I am a man who walks aloneAnd when I'm walking a dark roadAt night, or strolling through the parkWhen the light begins to changeI sometimes feel a little strangeA little anxious when it's dark1 [ESSE TEXTO CONTÉM SPOILER] Nesse último fim de semana, a plataforma de stream Netflix liberou a 3ª temporada … Continue lendo Fear of the Dark: Titãs e a filosofia do medo de Heidegger

Outubro (1927)

por Serguei Eisenstein e Grigori Aleksandrov* Pôster soviético do filme https://youtu.be/T6urHJ5BSv4 (legendas em inglês) . * Serguei Mikhailovitch Eisenstein (em russo: Сергей Михайлович Эйзенштейн, 1898 – 1948) foi um dos mais importantes cineastas soviéticos. Foi também um filmólogo. Relacionado ao movimento de arte de vanguarda russa, participou ativamente da Revolução de 1917 e da consolidação … Continue lendo Outubro (1927)

Oportunismo e a arte do possível

por Rosa Luxemburgo* Camarada Heine, como se sabe bem, escreveu um panfleto para a conferência do partido intitulado Votar ou Não Votar? Nele, sai a favor de nossa participação nas eleições do parlamento prussiano. Não é o assunto principal deste panfleto que nos leva a fazer alguns comentários, mas sim os dois termos os quais … Continue lendo Oportunismo e a arte do possível

Batman: personagem vs ideia

por Laluña Machado* Em maio de 2020, foi anunciado o novo Batman do cinema. Um dos personagens mais simbólicos da cultura pop, quem sabe o maior, será interpretado pelo ator Robert Pattinson numa trilogia que pretende resgatar o caráter detetivesco das primeiras histórias do Homem Morcego na Detective Comics. Porém, toda essa “nova” fase do … Continue lendo Batman: personagem vs ideia

Pinturas de Suzanne Valadon

por Suzanne Valadon* Veja post em Female Artists in History La Chambre Bleue (The Blue Room), 1923 Reclining Nude, 1928 Torse au Ruban Bleu, 1921 Catherine Nue Allongée sur ine Peau de Panthère, 1923 Le Canard (The Duck), 1930 Nu Assis au Bord d'un Lit, 1929 Nu, s.d. L'Aide Amicale aux Artistes, 1927 Mulâtresse Assise … Continue lendo Pinturas de Suzanne Valadon

Entre Robin e Foucault: manifestações de uma sexualidade

por Laluña Machado* Em abril de 1940, Robin, o Menino Prodígio, fazia sua estreia na Detective Comics #38. Com um apelo mais infantil para as histórias do Homem Morcego, Dick Grayson conseguiu dobrar as vendas das revistas após suas missões com o Cruzado Encapuzado, afinal, o modo como os roteiros eram narrados mudou com a … Continue lendo Entre Robin e Foucault: manifestações de uma sexualidade