Pierrô

Por Paul Legrand, Charles Deburau, Antoine Watteau, Auguste Bouquet *


Jean-Gaspard Deburau, 1830, de Auguste Bouquet.

.

Paul Legrand as Pierrot, 1855
.


Charles Deburau as Pierrot, 1854
.

Gilles (or Pierrot) e os quatro personagens da Commedia dell’arte, 1717, de Antoine Watteau.
.

Atores Italianos, 1719, de Antoine Watteau.
.

O pierrot ou pierrô é uma personagem que surge no século XVII numa adaptação do italiano Pedrolino, da Commedia dell’Arte. Ele um palhaço triste, apaixonado pela Colombina, que partiu seu coração e o deixa pelo Arlequim. Os três personagens foram disseminados no Brasil principalmente por blocos carnavalescos de rua.

.

Jean-Gaspard Deburau, ou apenas Debureau (1796-1846), nascido Jan Kaspar Dvořák era um celebrado boêmio francês e mímico. Ele atuou até 1819, o ano da sua morte, no Théâtre des Funambules, que foi imortalizado no filme Crianças do Paraíso (1945), filme poético-realista de Marcel Carné , onde ele aparece (sob seu nome artístico, “Batista”) como um personagem principal.

Auguste Bouquet, (1810-1846)  é um pintor, litógrafo, gravador e desenhista francês.

Paul Legrand (1816-1898), nascido Charles-Dominique Martin-Legrand, foi  considerado um grande e influente mímico francês que virou o Pierrot de seu antecessor, Jean-Gaspard Deburau, no caráter choroso e sentimental que é mais familiar aos admiradores da figura.

Jean-Charles Deburau (1829-1873) foi um importante mímico francês, filho e sucessor do lendário Jean-Gaspard Deburau.

Jean-Antoine Watteau, mais conhecido por Antoine Watteau ou simplesmente Watteau (1684-1721), foi um grande pintor francês do movimento rococó. Nasceu no centro da região de Hainaut, recém-incorporada ao território francês pelas tropas de Luís XIV.

Anúncios