Aves na Chapada dos Veadeiros é um álbum de figurinhas, mas muito mais que isso

por Roberta AR

Viver no cerrado é uma experiência intensa. Estou por essas bandas faz quase vinte anos e o corpo ainda se ressente da seca severa que acontece todo ano. Tem os gostos marcantes do pequi, baru, buriti, guariroba e mais um sem número também, mas o que sempre me impressionou é que, mesmo estando num grande centro urbano, a natureza se mostra radicalmente. A gente regula as estações pelos ipês de várias cores, pelo som das cigarras e quem se permite fazer algumas pausas pode ver as siriemas correndo soltas pelas quadras, ouvir as corujas buraqueiras passeando pela noite. Aqui onde moro, consigo observar da janela o passeio das araras canindé, ver os periquitos na praça brigando com tucaninhos e mais um tanto de passarinho que não sei nomear.

Meu filho curtiu a brincadeira

Eu falo do cerrado sempre com muito carinho, porque sou do sudeste e quando eu estava na escola a gente aprendia que tudo isso era mato. Sabe aquele dito popular “quando eu cheguei tudo era mato”? Me dói um tanto ouvir ele hoje, porque ele é símbolo de uma sociedade de devastação. O cerrado é tanta coisa que precisa ser exaltada e preservada que o coração aperta quando vejo que tão pouca gente se importa com ele. E é por isso que eu fiquei tão empolgada com a publicação de Aves na Chapada dos Veadeiros, de Luana Santa Brígida, pela editora Nega Lilu, de Goiânia.

A publicação, que é bilíngue (português/inglês), é um álbum de figurinhas que vem ensacado num lindo kit com um pôster, para colocarmos os passarinhos todos, um guia de campo, que são as instruções para descobrirmos o lugar de cada passarinho, e que é também um pequeno manualzinho das espécies encontradas na Chapada dos Veadeiros, e tem a cartela de figurinhas para colocar no pôster, que vem com uma cópia extra para enfeitarmos o mundo por aí.

As aquarelas de Luana Santa Brígida trazem o encanto desta fauna com a delicadeza que os cenários merecem, com árvores nativas servindo de suporte às protagonistas aves. A diagramação toda em tons de verde exalta que o cerrado não é aridez e tem vida presente em toda a parte.

Um pôster para preencher de figurinhas

Chapada dos Veadeiros

A apresentação da publicação nos informa que “a Chapada dos Veadeiros reúne relevantes núcleos de proteção ambiental que promovem a preservação do bioma CERRADO. Localizada no Planalto Central do Brasil, no nordeste do Estado de Goiás, a microrregião compreende os municípios de Alto Paraíso, Cavalcante, Campos Belos, Colinas do Sul, Teresina de Goiás, Monte Alegre, Nova Roma e São João d’Aliança”.

Um guia traz informações sobre as espécies de aves retratadas nas figurinhas e informações sobre a flora retratada

A Chapada dos Veadeiros tem sido vítima de incêndios criminosos, a exemplo de outros biomas. Grandes incêndios têm sido combatidos pela comunidade, por conta de uma ausência de políticas ambientais de proteção, com apoio de vaquinhas e alguns órgãos institucionais, como o Zoológico de Brasília, que tem uma ala de animais resgatados, grande parte deles são aves.

Registrar e exaltar a diversidade e importância do cerrado se faz urgente nesses tempos de devastação e uma publicação voltada, também, às crianças chega em muito boa hora. Dá um pequeno aperto no coração ler esse chamado para completar o pôster, mas é o que este momento pede: “neste álbum de figurinhas, a vegetação está intacta e você pode ajudar as aves a voltar para casa!”

Cartelas de adesivos

A autora

Luan Santa Brígida é designer gráfica, atua principalmente nas áreas editorial e ilustração. Graduada pela UFG, se especializou em Design Editorial pelo Centro Universitário IESB, em parceria com o Istituto Europeo di Design (IED). Ela também integrou o programa de intercâmbio internacional na Università per Stranieri di Perugia (IT). Seu mestrado na UnB reflete sobre estratégias socioambientais, por meio do diálogo intercultural, que ecoam a sabedoria de povos tradicionais, em especial a população quilombola Kalunga.

Seu trabalho pode ser encontrado no site https://luanasantabrigida.com/ e no instagram https://www.instagram.com/santa.brigida.

Aves na Chapada dos Veadeiros – álbum de figurinhas

Luana Santa Brígida

Nega Lilu

R$ 50,00

O livro foi cortesia da editora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s