Entre Robin e Foucault: manifestações de uma sexualidade

por Laluña Machado* Em abril de 1940, Robin, o Menino Prodígio, fazia sua estreia na Detective Comics #38. Com um apelo mais infantil para as histórias do Homem Morcego, Dick Grayson conseguiu dobrar as vendas das revistas após suas missões com o Cruzado Encapuzado, afinal, o modo como os roteiros eram narrados mudou com a … Continue lendo Entre Robin e Foucault: manifestações de uma sexualidade

Titãs e o dilema deontologista entre Bruce Wayne e Dick Grayson

por Laluña Machado* O termo deontologia vem do grego no qual Deon significa “dever”, ou simplesmente ética de ação e regra. Tal conceito se aplica em relação a posicionamentos morais que devem se adequar de forma universal as características de uma sociedade. Immanuel Kant (1724 – 1804) aponta que tais predicações se ofertam na configuração … Continue lendo Titãs e o dilema deontologista entre Bruce Wayne e Dick Grayson

I’M A 4F: O Batman e a Segunda Guerra Mundial

por Laluña Machado* Os quadrinhos de super-heróis já tinham ganhando algum fôlego quando a Segunda Guerra Mundial teve seu início "oficial" em 1939, mesmo ano que o milionário (SÓ tinha milhões ainda) Bruce Wayne vestiu-se de morcego para combater o crime nas ruas de Nova York (isso mesmo, ainda não existia Gotham) na Dectetive Comics … Continue lendo I’M A 4F: O Batman e a Segunda Guerra Mundial

Gotham 1889: Uma ode a Era Vitoriana e a Belle Époque

por Laluña Machado* Levando em consideração que o Batman é um dos personagens que mais se mantêm no imaginário coletivo e que consegue ser usado em vários tipos de representações para todas as idades e gostos, colocá-lo em uma história que se passa no fim do século XIX, numa Gotham que tem como base a … Continue lendo Gotham 1889: Uma ode a Era Vitoriana e a Belle Époque

Batman Cavaleiro Branco: Max Weber e a violência legitimada pelo Estado

por Laluña Machado* A minissérie Batman: Cavaleiro Branco que foi dividida em 8 edições, escrita e desenha por Sean Murphy, traz algumas discussões sobre o “efeito Batman” em Gotham City. A base narrativa se molda por meio do questionamento sobre a real necessidade do centro metropolitano ter um super-herói, considerando aspectos morais e deveres civis … Continue lendo Batman Cavaleiro Branco: Max Weber e a violência legitimada pelo Estado

Batman Terra de Ninguém: do Contrato Social ao Leviatã

por Laluña Machado* “… Depois que o solo partiu e os edifícios tombaram, a nação abandonou Gotham City. A partir de então, apenas os valentes, os saqueadores e os insanos permaneceram no lugar que passou a ser chamado de Terra de Ninguém.” Lançado em janeiro de 1999 e com término em dezembro do mesmo ano, Terra de Ninguém coloca-se … Continue lendo Batman Terra de Ninguém: do Contrato Social ao Leviatã

Coringa: da insanidade ao poder disciplinar foucaultiano

por Laluña Machado* Considerado o maior vilão de todos os tempos da cultura pop, quiçá da cultura de modo geral, surgindo um ano após a criação do Homem-Morcego em Batman #1 (1940), o Coringa teve sua composição inspirada no clássico  L'Homme qui rit (O Homem que Ri) de Vitor Hugo, que ganhou uma produção cinematográfica de … Continue lendo Coringa: da insanidade ao poder disciplinar foucaultiano

Quando Neil Gaiman “matou” o Batman

por Laluña Machado* - Eu morri? - Ainda não. - Diga o que está havendo. - Bruce, você é o maior detetive do mundo. Por que não descobre? Lançada em duas partes (Batman #686 e Detective Comics #853), Batman – O que aconteceu com o Cavaleiro das Trevas? traz uma narrativa na qual, o arquiteto … Continue lendo Quando Neil Gaiman “matou” o Batman

Fatos históricos que contribuíram para a criação do Batman

por Laluña Machado* Quem vê o Homem Morcego flutuando no imaginário cultural talvez não conheça todas as influências de contexto histórico que o personagem sofreu nesses últimos 80 anos, principalmente no que compôs a sua origem no fim dos anos 30. O Bat-man (isso mesmo, havia um hífen) teve sua primeira história publicada na Detective Comics … Continue lendo Fatos históricos que contribuíram para a criação do Batman

Mais de um século de Arte Moderna no Brasil: Perspectivas de Anita Mafaltti

por Laluña Machado* O Brasil da vanguardista Anita Mafaltti vivia os pulmões da República Velha (1889-1930), com uma política centralizadora das oligarquias da região Sudeste e mantendo o interior no “cabresto” com os desmandos do coronelismo. Todavia, os primeiros anos do século XX ou Era dos Extremos segundo Hobsbawm, consolidaram novas perspectivas culturais com a … Continue lendo Mais de um século de Arte Moderna no Brasil: Perspectivas de Anita Mafaltti

Revolução Pernambucana: Os primeiros passos da democracia brasileira.

por Laluña Machado* Há 203 anos, Pernambuco sediava por 75 dias uma República em um país que ainda era dominado pela Coroa Portuguesa. Nesse contexto, a Corte Portuguesa havia chegado após sua fuga desesperada sob o ataque das tropas francesas em 1808, trazendo uma comitiva de 15 mil pessoas que se instalaram na cidade do Rio … Continue lendo Revolução Pernambucana: Os primeiros passos da democracia brasileira.

Entre a Foice e o Martelo: 103 anos de Revolução Russa

por Laluña Machado* Em outubro de 1917, consolidou um processo revolucionário de 30 anos e um dos principais acontecimentos do século XX e da história contemporânea. Eclodia-se a Revolução Russa. Por 300 anos, o país se viu sob o pulso firme do Império Czarista, o mesmo que levou a nação a dimensões continentais e a … Continue lendo Entre a Foice e o Martelo: 103 anos de Revolução Russa

Quinze anos de Facada X

por Roberta AR Criado como um espaço livre para publicar, por mim e pelo André, o Facada sempre esteve aberto aos nossos amigos e a pessoas que se aproximaram para trocas interessantes. Começamos um ano depois do lançamento do orkut, que ainda era fechado apenas para convidados,  então muito do que foi postado no início … Continue lendo Quinze anos de Facada X