Eventos, zines e listas: o analógico no Facada X

por Roberta AR São quinze anos deste espaço virtual, num emaranhado de conteúdos que conversam entre si, ou não, mas também tivemos nossos momentos analógicos. Desde o início do Facada X, temos ido a eventos e falado sobre eles. Em linguagem bem informal, muitas vezes, pois ainda não tínhamos redes sociais em boa parte dessa … Continue lendo Eventos, zines e listas: o analógico no Facada X

O Facada e suas publicações de domínio público

por Roberta AR O Facada X foi criado para ser um espaço de livre difusão, quando a internet se tornou um lugar de trocas de fácil acesso. Um dos ideais é o do conteúdo de qualidade sem custo, por isso é um zine eletrônico com licença Creative Commons. Em certo momento, decidimos começar a publicar … Continue lendo O Facada e suas publicações de domínio público

Quinze anos de Facada X

por Roberta AR Criado como um espaço livre para publicar, por mim e pelo André, o Facada sempre esteve aberto aos nossos amigos e a pessoas que se aproximaram para trocas interessantes. Começamos um ano depois do lançamento do orkut, que ainda era fechado apenas para convidados,  então muito do que foi postado no início … Continue lendo Quinze anos de Facada X

Atemporalidade: O racismo e a discriminação étnica nos Estados Unidos

por Laluña Machado* Desde o período escravista e a época colonial que perdurou até 1776, os EUA “enfrenta” a questão racial e discriminação étnica em seu território. Os traços de sua história (e de muitos outros países) mostram uma supremacia branca dotada de privilégios e direitos legais ou sancionados exclusivamente. Nativos americanos, asiático-americanos, afro-americanos, latinos, judeus, … Continue lendo Atemporalidade: O racismo e a discriminação étnica nos Estados Unidos

Facada 77 – Yin-Yang (Boardgames)

Esse é imperdível. De longe,Yin-Yang/Reversi/Othello é um dos jogos mais elegantes, divertidos e fáceis de ser aprendido da história da humanidade desse lado do universo quântico. Cheio de viradas e provocações, esse é mais um exemplo incrível de jogo abstrato!

A vida não me assusta: para espantar os medos desses tempos

por Roberta ARO medo tem sido um tema constante nesses tempos. Medo das incertezas do futuro. Da violência contra mulheres, contra negros, homossexuais. Medo de líderes religiosos. Medo em toda a parte. Mas nada como a companhia de uma linda obra de arte para afastar um pouco os fantasmas. Junto com Maya Angelou e Basquiat, … Continue lendo A vida não me assusta: para espantar os medos desses tempos

Sirlene Barbosa, a primeira indicada ao Jabuti de HQ por Carolina

por Roberta AR  O primeiro quadrinho da novela gráfica Carolina foi de um impacto imenso para mim. Lembrei imediatamente da chácara que ficava no fim da minha rua, em Parelheiros, que tinha aquela senhora gentil que fazia biscoitos para mim. Eu era muito pequena, possivelmente no mesmo ano que aparece registrado ali. Teria eu conhecido … Continue lendo Sirlene Barbosa, a primeira indicada ao Jabuti de HQ por Carolina

Facada 76 – Abalone (Boardgames)

Pensa um joguinho estratégico. Nesta edição explicamos um pouco o conceito de jogo abstrato enquanto apresentamos o Abalone! A ideia é empurrar as bolinhas do adversário para fora do tabuleiro. E isso não é tão fácil quanto parece!

Facada 75 – BENDITA CURA – RESENHA (HQ)

Ainda na sombra do Dia Internacional de Combate à LGBTQIA+fobia, o Facada traz uma resenha da contundente - e necessária - HQ de Mário César: Bendita Cura.

Alma não tem cor: uma falsa medida do homem

por Carla Lisboa* Passadas as “comemorações” sobre o dia em que foi assinada a Lei Áurea, que extingue a escravidão no país (mas não a mentalidade escravista), tudo volta ao “normal”: violência e/ou discriminação racial, racismo, silenciamento, necropolítica... você escolhe, o repertório é vasto. Tudo acaba em extermínio, em invisibilidade social, em uma memória apagada, … Continue lendo Alma não tem cor: uma falsa medida do homem

O fracasso em meio ao caos

por Roberta AR Sonhei que estava no cruzamento de uma grande avenida, um lugar que me foi tão familiar por tanto tempo, mas que não vou há anos. Perguntei para quem estava comigo, uma amiga que se distanciou, coisas da vida, se não tinha problema eu dar um pulinho por lá no meio do isolamento. … Continue lendo O fracasso em meio ao caos

Facada 72 – Cathedral (Boardgames)

Dorimeeeeeeeeeee... Em Catehdral, os jogadores competem por espaço. As belíssimas peças de madeira se encaixam para bloquear territórios. Ganha quem ficar com menos pedras fora!

Facada 71 – Era: Idade Medieval (Boardgame)

Crie sua própria cidadela medieval e aprenda a driblar pestes e ataques de reinos vizinhos! Esse é Era: Idade Medieval, um jogo de construção e rolagem de dados!