Cine Amor II

por Diogo Brozoski*

.
*Diogo Brozoski é gaúcho que mora no Rio há mais de 20 anos. É publicitário, artista e proprietário de um blog seminovo. Aqui ele explica este trabalho: “A fotonovela é uma publicação periódica em fomato de revista, muito lida entre as décadas de 50 e 70 em vários países da América do Sul, inclusive o Brasil. Exagerada, romântica e sonhadora, ela conta histórias de relacionamentos cheios de amor, ódio, intrigas e paixão, produzindo enredos com anseios atemporais. E agora, em 2012, eu interfiro com o meu grafismo de rabiscos e preenchimento de cor estabelecendo uma tensão gráfica que dá um novo significado à linguagem visual de um produto que flutua entre vários meios: literatura, telenovela e HQ. “.

Cine Amor I

por Diogo Brozoski*

(O Cine Amor é um projeto gráfico de 70 artes e cinco animações. O conteúdo foi reduzido para publicação no blog e esta é a primeira parte do que entrará por aqui)

.
*Diogo Brozoski é gaúcho que mora no Rio há mais de 20 anos. É publicitário, artista e proprietário de um blog seminovo. Aqui ele explica este trabalho: “A fotonovela é uma publicação periódica em fomato de revista, muito lida entre as décadas de 50 e 70 em vários países da América do Sul, inclusive o Brasil. Exagerada, romântica e sonhadora, ela conta histórias de relacionamentos cheios de amor, ódio, intrigas e paixão, produzindo enredos com anseios atemporais. E agora, em 2012, eu interfiro com o meu grafismo de rabiscos e preenchimento de cor estabelecendo uma tensão gráfica que dá um novo significado à linguagem visual de um produto que flutua entre vários meios: literatura, telenovela e HQ. “.